segunda-feira, 29 de abril de 2013

Não, não quero mais ver internet



Não,Não quero mais ver internet, e me deprimir assistindo a degradação da imagem do sendo confundida com algo pseudo cristão que se espalha na teia mundial. Horror e desonra, dor e sofrimento aos olhos dos verdadeiros cristãos que esperam a volta do seu amado. Onde estão os homens de Deus para protestar de forma a agradar o mestre? o desrespeito assola as portas da igreja e se alastra um sentimento de um Deus inerte que tudo permite, tudo aceita e que só é amor.

Os que protestam usam os meios de fazer de forma a disseminar mais ódio e raiva aos que esperam uma falha dos que são crentes muito embora a falha é dos que se dizem "cristãos" e nunca foram, o máximo que podem ser chamados são de aproveitadores e barganhadores de favores divinos. Só há zombaria e discórdia, amor a própria imagem e legalismo, futilidade e banalidade. Não há verdade nem retidão. O caminho da graça sendo ridicularizado e menosprezado por pessoas que lutam pra manter o poder e pessoas que lutam pra esta no poder. “Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo.” 1 João 2.15-16

A oferta de paz e amor que se encontra no evangelho não pode ser relegada a mero discurso saudosista, o evangelho não pode ser suprimido e colocado em seu lugar essa coisa enlatada e desidratada do óleo da graça que estão difundindo por aí. O evangelho de Cristo é amor. "Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos" 1 João 4:9

A verdade do evangelho sendo colocada ao relativismo pragmático, tudo depende, tudo é de acordo com o que se vê. Os homens se colocando como donos dos pensamentos de Deus, usando de vã filosofias para sustentar seus apetites desordenados e tendo o apoio de muitos que dizem ser "cristão", ao mais e triste é ver os verdadeiros homens de Deus se apequenarem em seus gabinetes e salas, inertes e sem coragem de bradar de forma responsável as investidas do inimigo a amada igreja.  "Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" Mt 16;18

Não, não quero ver mais internet e doloroso e triste ver...

JC Silver
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...